Dança o movimento que liberta....ou que reprime....


Qualquer ser humano é capaz de concordar que a dança tem lá seus poderes, mas muitos responderam que embora atraídos pela dança, não conseguem fazê-lo, pois a repressão que a sociedade sempre colocou leva logo as pessoas a retraírem-se.
Há sempre a célebre resposta: não sei dançar.... outros apenas apreciam a dança se for tecnicamente correta. Bem não posso deixar de anunciar o quanto a dança contribui para minha vida e como ajudou pós cirurgia de ombro e joelho que submeti devido a um acidente. Magico foi como comecei a dançar vários ritmos que mais gostava, e acreditem apenas dançava com os olhos , por que não podia mexer-me,hoje em dia a dança faz parte de mim ,e o ritmo ficou instalado la dentro, e quando me perguntam se eu fiz algum curso ou mesmo ballet,minha resposta é sempre: Danço porque to vivo e o movimento brota dentro de mim e de qualquer pessoa , basta dizer não a timidez , e ao que os outros vão pensar, se observar uma criança ainda bebe por que ainda não foi contaminado pela hipocrisia humana ,veremos o movimento a brotar livremente....
Coloque musica que goste e solte-se , liberte-se,
Movi-e-mente!

Comentários

Teresa disse…
concordo perfeitamente contigo quanto à importância da dança. Para mim é uma das coisas mais importantes da vida, liberta, faz muitíssimo bem!! Também gosto do movimento livre, é o mais natural é sem dúvida muito agradável, mas para dançar num espaço de dança e dançar os ritmos para os quais existem passos específicos que resultam de forma perfeita, gosto de usar esses passos e, a partir dai, poder criar e inventar os meus próprios passos ou os passos que o meu par criar, para mim essa é uma das formas mais belas de dança...Com um equilibrio entre regras e liberdade...
Fátima disse…
Como é verdade o que o João diz a propósito da dança!! Para dançar bem tem que se sentir a música e não ser tímido(a). Para mim é muito importante a dança e gosto muito de dançar. Não me sinto nada inibida, a dança representa liberdade. O que as outras pessoas pensam não importa o que importa é que os movimentos da dança nos saiam pelo que sentimos ao ouvir a música. O João dança muito bem, quem me dera um dia saber dançar assim!
Cada um tem seu jeito de dançar, eu só movimento-me para adquirir força e equilibro muscular.Respeito as tradições e as competições, mas não me seduzem. Viva o movi-e-mente livre, porém consciente!!!
Eu também nao gosto da dança competitiva... Nem tão pouco em palco (sou timida, eheh), mas quanto às tradiçoes gosto um bocadinho... Conhecer e respeitar a tradiçao nao nos pode impedir de dar asas à criatividade. É muito interessante saber um pouco das bases do folclore portugues, dos ritmos brasileiros, das danças latinas ou africanas.
Essa realidade é bem notória no Movi-e-mente quando se samba!! E eu adoro sambar com o Exmo Sr.Movi-e-mente!! Sambar ou qualquer outro ritmo...
No próximo fim de semana o Movi-e-mente vai ser conhecido por muitos amantes da dança!! Vai ser bom, de certeza!!
Beijos mil!!
Fátima disse…
ALELUIA!!! João, pela 1ª vez apareceu o seu comentário ao que eu disse!! Porém, esqueci-me de dizer ainda: adoro as suas aulas e com elas não me canso de aprender. Quando "vamos para a pista de dança", como o João diz sempre, a sua maneira de dançar é simplesmente espectacular e contagiante, notando-se bem que o ritmo e os passos saem sempre certos e com muita elegância e isso só pode mesmo vir do seu interior e da sua maneira de sentir a música. O seu texto no Blog está muito bem escrito. Tenho orgulho em ser sua aluna!! Para mim Movi-e-mente sempre, sempre e em qualquer lugar, com liberdade e consciência!Obrigada João por ser como é!!

Mensagens populares deste blogue

DIA DA MÃE....

Porque dia 08 de Março é o dia Internacional da Mulher?

Pascoa -----Passagem....Mudanças......